Criado grupo de trabalho para integrar PJe-JT com sistema do MP

Publicado em 06/02/2013 às 14h54

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST) e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT), ministro João Oreste Dalazen, e o procurador-geral do Trabalho, Luís Antônio Camargo de Melo, assinaram nesta terça-feira (5), no TST, um ato conjunto instituindo grupo de trabalho para promover a interoperabilidade entre o sistema de Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT) e o sistema do Ministério Público do Trabalho (MPT digital).

O ato atende as diretrizes da Lei n° 11.419/2006, que dispõe da informatização do processo judicial, e tem o objetivo de "imprimir maior eficiência à atuação de ambas as instituições". A solução tecnológica que permitirá a integração dos dois sistemas será desenvolvida em conjunto pelo TST, CSJT e MPT. O grupo, composto por membros dessas instituições, terá um prazo de 90 dias para a conclusão dos trabalhos.

(Fonte: www.tst.gov.br)

Categoria: 2013

voltar para Notícias

left show normalcase tsN fwB|tsN fwR uppercase left show|show fwR uppercase tsN left|bnull|||news login fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fsN fwR c05|b01 c05 bsd|login news normalcase fwR c05|c05 fwR tsN uppercase|b01 normalcase bsd c05|content-inner||