OAB Mauá participa de grupo técnico sobre violência

Publicado em 05/11/2011 às 10h03

Mauá discute o processo de construção da Cultura de Paz em Seminário
Geoprocessamento das estatísticas criminais irá colaborar nas políticas de prevenção às violências

Roberto Mourão/ PM

Durante Seminário público conheceu os serviços disponíveis para atendimento de casos de violência
Conhecer algumas das estatísticas, perfil do agressor e vítima e as políticas públicas de prevenção; informar-se sobre o que as escolas municipais e estaduais desenvolvem com crianças e jovens para promover a Cultura de Paz; e entender como funciona a rede de serviços disponíveis no município foram atividades desenvolvidas durante o 2º Seminário de Prevenção às Violências, organizado pela Secretaria de Saúde de Mauá, por meio do Núcleo de Prevenção às Violências em Prol da Saúde (Previsa). A atividade ocorreu nesta terça-feira (25), no Teatro Municipal.

Um destaque das discussões foram os problemas gerados pela subnotificação das violências, que interfere diretamente nos dados estatísticos que podem nortear a elaboração de políticas preventivas, segundo a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, da Secretaria, Claudia Helena Walendy. “Precisamos organizar melhor a informação, entender como o agravo se expressa e fazer a tabulação para avaliar as ações realizadas”, explica.

Com o cruzamento dos dados é possível entender todo o processo da violência, desde a ocorrência, atendimento e tratamento necessário à vítima, assim como atuar com ações de prevenção. Nas estatísticas apresentadas durante o evento, ficou claro a subnotificação de casos que envolvem vítimas do sexo masculino, apenas três em quatro anos, porque eles sentem vergonha e evitam registrar as ocorrências ou buscar atendimento na rede de saúde.

Segundo a coordenadora do Previsa, Walkíria Zacheu, a formação de um grupo técnico foi importante para qualificar as informações e buscar a qualificação dos profissionais que têm contato direto com a população e podem identificar as situações de violência e contribuir nas notificações. Este grupo reúne Secretarias de Saúde (por meio da Previsa, Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), Vigilância Sanitária, Núcleo de Apoio às Vítimas de Violência Sexual (Navis) e Hospital Nardini), Assistência Social e Segurança Pública, Conselho Tutelar, Delegacia dos Direitos da Mulher e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

“Precisamos fortalecer esta rede de serviços e mudarmos os dados de violência”, afirmou Walkíria. Uma das medidas é a adoção do referenciamento das ocorrências pela área em que ocorrem, conhecido por Projeto de Georreferenciamento, que, como o próprio Previsa, foi apresentado para o Ministério da Saúde.

O 2º Seminário contou ainda com a palestra da professora Gisele Mathias, sobre o trabalho preventivo desenvolvido nas escolas estaduais de Mauá para prevenir a violência entre os jovens, como a criação da figura do professor-mediador de conflitos. “Foi nítido que os alunos que participaram das atividades passaram a se respeitar mutuamente. Há uma mudança de consciência e uma tomada de atitude, que possibilita que ser tornem adultos plenos”, disse. A experiência desenvolvida numa escola pública da favela de Heliópolis, em São Paulo, foi apresentada pelo diretor Braz Nogueira, que ajudou na implantação de um novo modelo de Educação para jovens, com base na participação comunitária. "A escola só vai conseguir cumprir seu papel quando se externalizar”, afirmou.

Geraldina Canuto, da Secretaria Municipal de Educação, abordou o trabalho desenvolvido com as crianças atendidas nas 36 escolas municipais, assim como adolescentes e estudantes da Educação de Jovens e Adultos. Ela destacou a importância do envolvimento da comunidade, que é compartilhado com a escola. "Mas o aluno é protagonista em relação às necessidades reais de aprender para conviver e aprender para ser e fazer”, considerou.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
04/11/2011 18:37

Categoria: 2011

voltar para Notícias

left show normalcase tsN fwB|tsN fwR uppercase left show|show fwR uppercase tsN left|bnull|||news login fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fsN fwR c05|b01 c05 bsd|login news normalcase fwR c05|c05 fwR tsN uppercase|b01 normalcase bsd c05|content-inner||