Primeira reunião do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança

Publicado em 18/08/2011 às 17h40

Jornal da Prefeitura - 18.08.2011

Integrantes concordam que o município apresente projeto de videomonitoramento ao Pronasci

Evandro Oliveira/ PM

Reunião do GGIM, coordenada pelo prefeito Oswaldo Dias, aprovou projeto de videomonitoramento
A primeira reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal de Segurança Pública (GGI-M) foi realizada nesta quarta-feira (17), coordenada pelo prefeito Oswaldo Dias e o secretário de Segurança Pública de Mauá, Carlos Wilson Tomaz. A primeira decisão já foi tomada pelos integrantes do órgão, que foi a aprovação da proposta da Secretaria de Segurança Pública de encaminhar o projeto de monitoramento eletrônico municipal que está sendo elaborado para pleitear recursos federais por intermédio do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), nas ações do Sistema Integrado de Prevenção da Violência e Criminalidade. A entrega está prevista para o dia 10 de setembro.
Participaram da decisão, além do prefeito e secretário, os demais integrantes do GGI-M nomeados pelo decreto municipal nº 7.599, como os representantes da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), da Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, secretarias municipais de Planejamento Urbano, Governo, Educação, Assistência Social, Saúde, Cultura, Esportes e Lazer, Guarda Civil Municipal, além da Ordem dos Advogados do Brasil e dos Conselhos de Segurança.
“A segurança municipal envolve um conjunto de situações de fundamental importância, que exigem investimentos que o município não tem. Por isso, o Gabinete é tão importante para desenvolvermos o melhor trabalho de combate à violência e criminalidade dentro das condições de que dispomos. Nós já realizamos diversas ações na cidade com recursos federais e estaduais, como o Plano de Aceleração do Crescimento, no Jardim Oratório, e o Rodoanel”, explicou o prefeito aos presentes.
A reunião surtiu os primeiros resultados, como a parceria da Polícia Civil proposta pelo delegado titular, Alberto Mesquita Alves, que possibilitará o compartilhamento de informações para subsidiar o banco de dados do Observatório Municipal de Segurança.
Marisa Pulice, representante do Ministério da Justiça, destacou o interesse de Mauá em implantar o GGI-M para participar do Programa Nacional de Segurança Pública e poder pleitear investimentos federais: “O GGI-M é um dos critérios que precisam ser atendidos porque assim o município pode ter um diagnóstico bem formulado para elaboração de projetos.”
Para Tomaz, o grande desafio é “integrar estes setores tão importantes no processo de construção do diagnóstico da segurança municipal, elaboração de políticas públicas para prevenir e combater a violência e criminalidade, reduzir os índices e promover a Cultura de Paz”. O presidente da OAB de Mauá, Roberto Carlos Ortiz, parabenizou a iniciativa: “Estamos prontos para contribuir com este trabalho.”

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Mauá
Secretaria de Comunicação Social
18/08/2011 18:08

Categoria: 2011

voltar para Notícias

left show normalcase tsN fwB|tsN fwR uppercase left show|show fwR uppercase tsN left|bnull|||news login fwB tsN fwR tsY c05|normalcase fsN fwR c05|b01 c05 bsd|login news normalcase fwR c05|c05 fwR tsN uppercase|b01 normalcase bsd c05|content-inner||